sábado, 17 de outubro de 2009

História do meu bairro: Várzea (Continuação)


O Recife têm muitas histórias. Entre elas, as histórias dos seus bairros. Onde guardam suas lembranças e mantêm as tradições. A cidade está repleta de pontos turísticos ainda, desconhecidos para muitos moradores. A comunidade da Várzea do Capibaribe é um exemplo real…

No passado, foi líder na economia pernambucana. A produção de cana-de-açúcar movimentava os negócios. Segundo o relatório do holandês Adriaen Verdonck em 1630, encontrava-se na Várzea, a melhor e a maior parte do açúcar do Estado. Ele acrescenta que, além da riqueza, o local era a melhor e mais bela moradia dentre os melhores lugares de Pernambuco.


Outro aspecto na história do bairro é marcado pela vanguarda que combateu os holandeses na Batalha dos Guararapes. No engenho São João, os lideres do movimento discutiam planos de revolta contra os “invasores”. Portanto, além do poderia econômico a Várzea foi local de resistência popular. O corpo do lider índio Felipe Camarão, um dos heróis das batalhas que resultou na expulsão dos holandeses, está enterrado na Igreja Matriz da Várzea.


De acordo com o Livro que cria o Estado do Brasil de 1612, a Igreja Matriz, dedicada a Nossa Senhora do Rosário, abrigou a 1ª freguesia suburbana do atual município do Recife. Portanto, a Várzea é o 1º bairro da capital pernambucana. A Igreja matriz passou por reformas, entre 1868 e 1872, modificando totalmente sua arquitetura. Recentemente, o Departamento de Arqueologia da Universidade Federal de Pernambuco, (UFPE) encontrou um cemitério de vítimas das 2 batalhas dos Montes Guararapes na sacristia da Igreja.

A Várzea é um dos bairros mais antigos do grande Recife. Com um pouco mais de 400 anos, é o 2º maior bairro da cidade e um dos mais bonitos também…Os moradores se orgulham da beleza do lugar. No século XX, a Várzea se destacou em produção e industrialização de cana-de-açúcar no Brasil. Atraía turistas de todo o mundo.

Hoje, o bairro não pode contar muito com esse auxílio, mas ainda assim, conta com diversos pontos turísticos que encantam o mapa geográfico da cidade. Entre eles, cito alguns: a Praça Pinto Damásio, a Igreja Nossa Srª do Rosário e as Instituições Brennand (Oficina Francisco Brennand e Instituto Ricardo Brennand).





O bairro também é constituído por muitos comércios, como: mercados, papelarias, livrarias, padarias, bares, restaurantes, churrascaria, pizzarias, sorveterias, farmácias, lan houses e etc.

Com tudo isso o bairro da Várzea pode ser considerado um marco eterno na história da cidade do Recife.

2 comentários:

Pandora disse...

Brennand realmente é lindo, o Castelo tem um arcevo de encher os olhos mesmooooo!!! Adoro passar por lá!!!

Alexandre Souza disse...

Seu blog é muito bom parabéns,espero sua visita no meu ok?