segunda-feira, 16 de junho de 2008

'15 minutos' com Marcelo Adnet!

Um ator e humorista brasileiro. É formado em jornalismo e apresenta atualmente o programa 15 Minutos, na MTV, onde ele lê e-mails, imita celebridades, improvisa, fala de determinados temas... enfim.
Interage com o sempre mascarado personagem Kiabbo. Permitam-me dizer que o Adnet é uma das melhores revelações do momento. Raciocínio rápido, bom texto, programa humilde e humor original. Para o ator e agora apresentador Marcelo Adnet, de 26 anos, o programa representa muito mais do que os proverbiais 15 minutos, pois sua primeira grande oportunidade rendeu sucesso repentino na TV. Mas a internet garante que seus minutos de fama apenas começaram.
“Nunca experimentei a liberdade que tenho aqui. Falo o que quero. São as minhas idéias sobre um assunto. Para mim, isso não tem preço e eu estou gostando muito da experiência”, conta, empolgado.
Mas não é só ele que tem gostado. No ar de segunda a quinta-feira, a partir das 21h45, o programa que estreou em março rapidamente se tornou a maior audiência da MTV e um dos campeões de acesso no Overdrive, portal de vídeos da emissora. Em apenas três meses foram mais de 510 mil visualizações.
Qual o segredo? “Acho que temos uma linguagem moderna, semelhante à da internet, de uma continuidade descontínua”, filosofa. “Além disso, podemos fazer o que quisermos dentro daquele quarto e o público gosta dessa imprevisibilidade”, garante Adnet, que divide a apresentação do programa com o mascarado e “seqüelado” Kiabbo, e que já discorreu sobre os mais variados e insólitos temas.
De coisas nojentas a novos gritos de guerra para a torcida brasileira, amigos do Orkut, reforma gramatical e a independência do Acre – tudo isso recheado por imitações sui generis, especialidade de Adnet.
E como tudo que é sucesso entre jovens na TV hoje em dia, Adnet e seu programa se tornaram fenômeno de repercussão na internet.
Na web, tudo o que Adnet toca vira ouro, ou melhor, “modinha”, nas palavras desse carioca, nascido e criado no Humaitá, bairro da zona sul do Rio e que uma vez por semana enfrenta a ponte aérea para gravar na MTV, em um cenário que simula o seu quarto.
“Todas as modinhas que o programa lança só são possíveis graças à internet, que repercute tudo ao máximo. Se fosse só na TV e daí nunca mais, as coisas iam se perder. Já na web elas permanecem ecoando por um bom tempo”, observa.
Que o diga o “mini-hang-loose”, saudação “meio ridícula”, segundo Adnet, usada pelo pessoal do Posto 9 de Ipanema e que foi citada por ele durante um programa e virou “modinha”. No Orkut há diversas comunidades sobre ela, a maior com mais de 18 mil membros.
Nunca ouviu falar? É só ir ao Google. Para o ator, o buscador é uma espécie de Bíblia do conhecimento já que “traz todas as respostas”, brinca.
Também no Orkut, Adnet contabiliza quase 7 mil amigos. É que após o surgimento de perfis fakes, ele colocou no blog do programa um link para seu perfil original. “Começaram a se passar por mim e achei que o melhor que eu podia fazer era isso.” Nos seus álbuns no Orkut é possível ainda ver algumas das suas “fotos artísticas”.
Já no YouTube suas micagens únicas fazem sucesso. Tem para todos os gostos. Já imaginou Sílvio Santos cantando “Sweet Child O’Mine”, clássico da banda Guns N’Roses? E que tal Ana Carolina e Dercy Gonçalves fazendo um dueto de “Garganta”, música da cantora? E José Wilker cantando a indefectível “Dança do Créu”? “Eu conheço a filha do Wilker, e ela me disse que ele viu e achou um barato”, lembra.
Aos que não conhecem o trabalho do VJ uma sugestão é um vídeo que reúne uma espécie de “The Best of Adnet” criado por fãs para tentar emplacá-lo no VMB 2008. Confira aqui:
http://tinyurl.com/4acua2.
Aproveitando o embalo, a MTV lançou um disco com 11 das suas melhores imitações. Cerca de 140 mil pessoas já ouviram as pérolas e mais de 100 mil baixaram o álbum completo.
O sucesso é tamanho que o e-mail do VJ, disponível para a audiência se comunicar, chega a receber mil mensagens em um único dia. “No primeiro programa eu disse que ia responder a todos. Mas de repente passamos a receber tantas mensagens que ficou impossível”, lamenta.
Com a avalanche de e-mails, inúmeras idéias malucas como as dos seus hits no YouTube começaram a pipocar. A partir daí foi um pulo para o recém-nascido 15 Minutos se reinventar: “O programa não foi pensado para se basear nessas sugestões. Mas percebemos que chegavam coisas incríveis e passamos a focar mais nisso. Atualmente as pautas surgem basicamente do público”, confessa.
Longe da TV, Marcelo se apresenta desde 2003, quando ainda cursava Jornalismo na PUC-Rio, no projeto Z.É – Zenas Emprovisadas, ganhador do Prêmio Shell em 2004. “A peça e o programa têm muitas relações. Só que no teatro a platéia pede as brincadeiras na hora.” O espetáculo, inspirado no programa Whose Line Is It Anyway?, acaba de encerrar a sua 13ª temporada. O retorno da trupe que já se apresentou para mais de 150 mil espectadores está marcado para outubro.
“Em junho devo estrear uma peça chamada Advocacia, com a Heloísa Perissé. E no ano que vem quero fazer ainda um espetáculo solo”, planeja.
Além do teatro, Marcelo já fez participações em quase todos os programas humorísticos da Rede Globo e em diversos filmes, como PodeCrer e Xuxa - Sonho de Menina (!?). No YouTube (sempre ele!) dá para conferir algumas delas, assim como números do Zenas.
Mas e o lazer? “Pois é, ando sem tempo pra tudo ultimamente. Mas eu gosto de ir à praia e viajar pra uns lugares bem isolados”, conta meio suspirando seu aparente cansaço.
“Quando eu tenho tempo gosto muito de jogar Winning Eleven também. Sou viciado. Mas o trabalho me tirou um pouco dos gramados”, brinca. “Além disso, eu já tenho 26 anos e as namoradas não gostam muito de videogame.”
Em sintonia com o seu público, Adnet se saiu com essa quando questionado se ele assiste televisão: “Não: o YouTube é a minha TV”. Sábias palavras.

2 comentários:

Helena Nascimento disse...

Cazá, cazá,cazá, cazá, cazá! =D

O programa do Adnet é a melhor coisa da MTV atualmente!

Abraços.

Andréa Brelaz disse...

Oi! Helena!

Também concordo! (além dele ser bonito e inteligente) :-D

Obrigada pela sua torcida leonina! ;-)

Abraços :-)